Ce manque de reconnaissance « rend difficile la vie de l’Église comme institution ». Un exemple : « Nous ne pouvons ouvrir un compte en banque au nom du diocèse, parce que le diocèse n’existe pas légalement. »
O Estado turco não reconhece a Igreja Católica turca como uma instituição de direito privado. A Igreja Católica turca não pode sequer abrir uma conta bancária em seu nome! Mas o mesmo Estado turco pretende entrar na União Europeia e, por exemplo, François Hollande apoia essa entrada.
Nenhum país da Europa discrimina a religião islâmica, mas a Turquia --- e os países islâmicos em geral --- acham-se no direito de discriminar outras religiões, e principalmente a Igreja Católica. Isto tem que acabar: ou o mundo islâmico reconhece o princípio da reciprocidade, ou vamos ter que tratar o Islamismo na Europa da mesma forma que o mundo muçulmano trata o Cristianismo.